Organização financeira

Quando falamos em organização, em geral estamos pensando no guarda-roupa, nos armários da casa, nos documentos do escritório etc. Entretanto, existem muitas outras áreas da vida que podem receber um toque de organização.

 

Uma delas é muito importante para a manutenção de nossas vidas: as finanças.

Manter as finanças saudáveis é algo de extrema importância para que possamos aproveitar bem a vida. Afinal de contas, vivemos em um mundo onde o dinheiro dificilmente pode ser ignorado.

Por isso, ter uma boa organização financeira pode lhe ajudar a fazer uma melhor gestão do seu dinheiro e, consequentemente, diminuir suas frustrações com dívidas e aumentar as chances de realizar aquele sonho.

Iremos entender um pouco mais sobre organização financeira, qual a importância de desenvolvê-la e como podemos começar a fazer isso. Vamos lá?

Características de uma vida financeira organizada

Em uma casa bem organizada, você sabe tudo o que tem e sabe onde suas coisas estão. Cada objeto tem seu lugar específico, bem como sua função.

 

Você consegue encontrar facilmente suas coisas, enxergá-las e não perde tempo nem se estressa na hora de procurar um botão perdido.

Analogamente, nutrir uma organização financeira pessoal (ou familiar) nos ajuda a ter uma melhor noção de onde está nosso dinheiro, quanto entra e quanto sai a cada mês e onde ele tem sido gasto. Também nos possibilita ter um panorama geral sobre as dívidas e as reservas para o futuro.

Ser financeiramente organizado significa ter ciência e controle de seus ganhos e gastos. Consequentemente, quem tem uma boa organização financeira está muito mais apto a manter suas finanças bem saudáveis, deixando as dívidas longe e traçando planos para o futuro.

Saber o que se ganha e o que se gasta é imprescindível para calcularmos se precisamos fazer economias, se é uma boa hora para começar a investir, montar uma reserva de emergência ou focar em quitar suas dívidas.

Com essa clareza que a organização sobre suas finanças traz, você pode começar a encaixar seus sonhos dentro do orçamento e trazê-los para mais perto da realidade.

Portanto, ter suas finanças organizadas não significa necessariamente ter muito dinheiro, mas sim ter um bom controle do que se tem e fazer um bom uso dele, sempre registrando e avaliando o fluxo do caixa.

Benefícios de uma boa organização financeira

Eu falo muito aqui no blog sobre os benefícios da organização, e não poderia ser diferente agora que o assunto é organização financeira. Vamos a eles.

Controle dos gastos

Ao se organizar financeiramente, você passa a ter mais consciência de como seu dinheiro está sendo gasto. A partir disso, você pode identificar e repensar alguns padrões de consumo se perceber que algo está drenando mais dinheiro do que deveria.

Assim, você conseguirá identificar e eliminar os gastos supérfluos (tralhas financeiras) que consomem seu dinheiro, da mesma forma que eliminamos a tralha que ocupa o espaço de nossas casas na hora de organizá-las.

Lidar com as dívidas

A consciência da sua situação financeira também lhe ajuda na hora de lidar com as dívidas. Saber a quem e quanto deve é imprescindível para conseguir se organizar para quitar essas dívidas.

 

Portanto, ter uma boa visualização de suas dívidas vai ser útil para lidar com elas e não deixar nenhuma para trás.

Além de lidar com as dívidas existentes, uma boa organização financeira permite que você identifique por que seus gastos têm gerado dívidas e, a partir disso, você poderá cortar o mal pela raiz e evitar que mais dívidas surjam ao longo do tempo.

Portanto, ter sua carteira organizada lhe ajudará na missão de sair do vermelho e de evitar voltar para lá.

O princípio é básico: se você sabe o quanto de dinheiro entra e o quanto precisa sair (seu gasto fixo), então você saberá seu limite de gastos para não gerar dívidas.

Economizar dinheiro

Se seu interesse está em economizar dinheiro, entender onde ele tem sido gasto é ainda mais importante.

 

Ao categorizar seus gastos, você verá com mais clareza quais setores consomem mais dos seus recursos. Uma vez tendo esse conhecimento, você estará pronto para decidir o que fica e o que deve sair da sua lista de compras – novamente estamos falando sobre um destralhe financeiro em seus gastos.

Quando pensamos em economizar dinheiro, nosso objetivo não é apenas ter dinheiro por ter. Em geral, estamos pensando no longo prazo, na realização de algum sonho. Isso nos leva ao próximo benefício:

Transformar sonhos em realidade

Muitos dos sonhos e objetivos que temos na vida costumam vir com um preço incluso. Portanto, criamos certa dependência do dinheiro para realizá-los. Por isso que quanto melhor você organizar suas finanças hoje, mais condições você terá de transformar seus sonhos em realidade – e mais cedo!

Além de economizar, você também precisa tomar decisões quanto a onde deixar seu dinheiro. Dependendo dos seus objetivos pessoais, vai fazer sentido criar uma reserva de emergência para lhe garantir mais segurança no futuro.

 

Você também pode ter interesse em investir seu dinheiro para vê-lo trabalhar por você na geração de mais dinheiro.

Independentemente de como você pretende gerenciar o dinheiro economizado, é bom que você tenha tudo organizado para decidir com mais clareza e poder fazer uma melhor análise dos seus resultados.

Quanto mais organizado, mais fácil de se manter organizado

Tudo isso pode parecer um pouco complicado à primeira vista, não é mesmo? Mas aqui entra outro benefício intrínseco de uma boa organização: depois de fazê-la uma primeira vez e estabelecer um sistema de organização que funcione bem para você, será muito mais simples mantê-lo.

Portanto, uma vez que você organiza suas finanças e cria hábitos para manter as contas todas em ordem, manter-se financeiramente organizado se tornará algo simples – muito mais simples do que ter de lidar com uma vida financeira totalmente bagunçada e caótica.

Dessa forma, fica evidente que o brilho da organização também surge quando falamos em finanças. Ela vem para facilitar, simplificar, ao passo que permite que você foque no que mais importa, em seus sonhos e suas metas, eliminando o estresse de lidar com contas, dívidas e o gerenciamento de recursos desorganizados.

Como construir uma boa organização financeira

Sabe o que é preciso para conseguir organizar as finanças pessoais? Na verdade, muito pouco! Basicamente, você precisa apenas anotar tudo o que entra e tudo o que sai – só isso já cria uma enorme diferença.

O poder de anotar gastos

Lembra quando falamos sobre os princípios da organização? Eles também se aplicam muito bem quando falamos da organização de nossos recursos financeiros, principalmente em se tratando do princípio da visibilidade.

 

Nesse contexto, a visibilidade se traduz em enxergar para onde seu dinheiro está indo, como tem sido usado e quanto tem sobrado ou faltado.

Toda a consciência da qual falamos de saber onde seu dinheiro tem sido gasto só pode ser construída se você manter anotado cada compra, cada gasto. Anotar o que, quando e quanto foi gasto é um hábito pequeno, mas que vai abrir as portas para você organizar suas despesas. É a partir dele que criamos a visibilidade de nossos recursos.

Além de criar um banco de dados com os seus gastos gerais, manter a prática de anotar cada compra também vai lhe ajudar na constante reflexão sobre como você tem usado seu dinheiro.

Você começará a ver no dia a dia a quantidade de capital que você tem gastado, a mesma quantidade que seu cartão de crédito pode ocultar e só revelar no fechamento da fatura, quando já será tarde demais para uma contenção de gastos.

Para fazer tal levantamento de dados, você pode utilizar simplesmente papel e caneta. Isso já será o bastante para que você consiga registrar quanto entra, quanto sai e quanto sobra, além de anotar o destino do que sobra a cada mês.

Ferramentas para organização financeira

Apesar da opção analógica, hoje em dia existem diversas possibilidades e soluções tecnológicas para nos ajudar na hora de organizar nossas finanças. Planilhas, aplicativos e muitas outras ferramentas voltadas para este fim estão disponíveis para nós hoje.

Com as planilhas e os apps de controle e organização financeira, você consegue não só registrar todo seu fluxo de caixa, como também consegue visualizar com muito mais facilidade seus dados por meio de gráficos, tabelas e outros recursos diversos.

 

Assim, todo o gerenciamento e a tomada de decisões se tornam muito mais simples. Nunca foi tão fácil organizar suas finanças como na era digital.

Já que estamos falando de ferramentas para auxiliar na organização, vou aproveitar para fazer uma recomendação de um material desenhado especificamente para descomplicar a gestão de seus recursos.

 

Esta planilha de organização financeira pessoal vem com um pacote completo de ferramentas e funções prontinhas para você usar – não precisa esquentar a cabeça para montar sua planilha do zero!